segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Política Monetária e Operações de Crédito do Sistema Financeiro

NOTA PARA A IMPRENSA - 27.01.2016

I - Operações de crédito do sistema financeiro

O volume total de crédito do sistema financeiro alcançou R$3.217 bilhões em dezembro, com expansões de 1,3% no mês e 6,6% no ano (comparativamente a 11,3% em 2014). Na evolução mensal, o crédito às empresas avançou 2%, totalizando R$1.707 bilhões, enquanto as operações com pessoas físicas cresceram 0,6%, alcançando saldo de R$1.510 bilhões. A relação crédito/PIB atingiu 54,2%, ante 53,8% em novembro e 53,1% em 2014.

Em 2015, a desaceleração do crédito acompanhou a retração da atividade econômica e os efeitos da política monetária, que afetam principalmente as operações do segmento livre. O crédito direcionado também registrou contenção, reflexo de restrições nas condições de oferta e demanda no crédito imobiliário às famílias e nos financiamentos a investimentos das empresas. A evolução do crédito foi ainda condicionada pelo aumento da percepção de risco, observando-se aumento dos spreads e dos níveis de inadimplência.

A carteira de crédito com recursos livres atingiu R$1.635 bilhão, com expansões de 1,4% no mês e de 3,7% em doze meses (4,6% em 2014). No mês, a elevação de 2,6% no segmento de pessoas jurídicas - saldo de R$832 bilhões - foi impulsionada por contratações relacionadas às atividades mercantis de final de ano, destacadamente nas modalidades desconto de duplicatas e outros créditos livres (sobretudo aquisições de recebíveis), além de aumentos em adiantamentos sobre contratos de câmbio e repasses externos. Os créditos livres a famílias cresceram 0,2% em dezembro, somando R$803 bilhões, destacando-se as operações com cartão à vista.

O crédito direcionado totalizou R$1.582 bilhão, crescendo 1,2% no mês e 9,8% no ano (19,6% em 2014). No segmento de pessoas físicas, saldo de R$706 bilhões e expansão mensal de 1,1%, destacou-se a aceleração do crescimento do crédito rural. Os financiamentos às empresas alcançaram saldo de R$875 bilhões, com elevação de 1,4%, impulsionada por concessões com recursos do BNDES para investimentos.

Entre os segmentos de atividade econômica dos tomadores, destacaram-se os aumentos nas carteiras da indústria de transformação (notadamente alimentos), serviços industriais de utilidade pública (eletricidade e gás) e comércio (varejista de alimentos), cujos saldos alcançaram, na ordem, R$465 bilhões (+0,9%), R$159 bilhões (+3,9%) e R$307 bilhões (+2%).

Consideradas as operações acima de R$1 mil, os saldos de crédito nas regiões Sudeste e Sul totalizaram, respectivamente, R$1.733 bilhões (+1,4%) e R$556 bilhões (+1,1%). Na região Nordeste, o saldo cresceu 1,4%, somando R$405 bilhões, enquanto no Centro-Oeste cresceu 1,2%, alcançando R$332 bilhões. Na região Norte, saldo de R$119 bilhões, foi registrada a menor taxa de expansão, 0,9% no mês.

I.1 - Taxas de juros e inadimplência
A taxa média de juros das operações de crédito do sistema financeiro, computadas as contratações com recursos livres e direcionados, atingiu 29,8% a.a. em dezembro, com redução de 0,6 p.p. no mês e aumento de 6,1 p.p. no ano (+1,3 p.p. em 2014). No crédito livre, a taxa média de juros situou-se em 47,3% a.a., com declínio de 0,8 p.p. no mês e avanço de 10 p.p. no ano (+3,9 p.p. em 2014). No crédito direcionado, a taxa média alcançou 9,9% a.a., com redução de 0,4 p.p. no mês e aumento anual de 2,1 p.p. (+0,3 p.p. em 2014).

Nas contratações com pessoas físicas, a taxa média decresceu 0,8 p.p. no mês e aumentou 7,2 p.p. em doze meses (+1,6 p.p. em 2014), situando-se em 37,9% a.a. No crédito livre, a taxa alcançou 63,7% a.a., com declínio de 1,1 p.p. no mês, refletindo a redução de 2,8 p.p. no crédito pessoal não consignado. No crédito direcionado, a taxa média situou-se em 9,7% a.a. (-0,3 p.p.), ressaltando-se a redução de 0,5 p.p. na taxa média dos financiamentos imobiliários.

Nos empréstimos às empresas, a taxa média situou-se em 20,9% a.a., com redução de 0,3 p.p no mês e alta de 4,4 p.p. no ano (+0,8 p.p. em 2014). No crédito livre, a taxa declinou 0,2 p.p. no mês, para 30% a.a. (desconto de duplicatas: -1,8 p.p.), enquanto, no direcionado, recuou 0,5 p.p, para 10,1% a.a. (financiamentos para investimentos do BNDES: -0,6 p.p.).
spread bancário referente às operações com recursos livres e direcionados diminuiu 0,7 p.p. no mês, mas aumentou 3,8 p.p. no ano (+1,1 p.p. em 2014), alcançando 18,7 p.p. Os indicadores relativos aos segmentos de pessoas físicas e jurídicas situaram-se em 26,6 p.p. (-0,8 p.p.) e 9,9 p.p. (-0,6 p.p.), respectivamente. O spreadalcançou 32,1 p.p. (-1,2 p.p. no mês) no crédito livre e 3,4 p.p. (-0,1 p.p.) no direcionado.

A inadimplência das operações de crédito do sistema financeiro, referente a atrasos superiores a noventa dias, permaneceu estável em dezembro e aumentou 0,7 p.p. no ano (-0,1 p.p. em 2014), situando-se em 3,4%. No crédito às famílias, a inadimplência atingiu 4,2%, enquanto no crédito às empresas, situou-se em 2,6%, registrando estabilidade no mês, mas com elevações respectivas de 0,5 p.p. e 0,7 p.p. no ano. A inadimplência no crédito livre e no crédito direcionado alcançou, respectivamente, 5,3% e 1,4%, com variações de +0,1 p.p. e -0,1 p.p. no mês.


II - Evolução dos agregados monetários
A média dos saldos diários da base monetária atingiu R$256,4 bilhões no final de 2015, ao registrar crescimento no mês de 8,1% e retração de 1% no ano. A variação mensal refletiu elevações de 9,2% no papel-moeda emitido e de 1,6% nas reservas bancárias.

Entre os fluxos mensais dos fatores condicionantes da base monetária, destacaram-se as operações do Tesouro Nacional, com impacto expansionista de R$32 bilhões, e as operações com títulos públicos federais, que implicaram contração de R$19 bilhões, a partir de colocações líquidas de R$41 bilhões no mercado primário e compras líquidas de R$22 bilhões, no mercado secundário.

O saldo médio diário dos meios de pagamento restritos (M1) situou-se em R$332,3 bilhões em dezembro de 2015, com acréscimo mensal de 9,9%, decorrente de aumentos de 9,4% no papel-moeda em poder do público e de 10,5% nos depósitos à vista. No ano, o M1 recuou 5,2%. O saldo dos meios de pagamento no conceito M2, que agrega ao M1 os depósitos de poupança e os títulos privados, cresceu 2,6% em dezembro, totalizando R$2,3 trilhões. Essa variação foi determinada pelas elevações de 7,6% no M1, de 2% nos títulos privados, cujo saldo atingiu R$1,3 trilhão, e de 1,5% nos depósitos de poupança, que somaram R$656,6 bilhões. No mês, ocorreram captações líquidas de R$4,8 bilhões na poupança e de R$14 bilhões nos depósitos a prazo.

O M3, que compreende o M2, as quotas de fundos de renda fixa e os títulos públicos que lastreiam as operações compromissadas entre o público e o setor financeiro, expandiu-se 2,1% no mês, totalizando R$4,7 trilhões. O saldo das quotas de fundos de renda fixa, que alcançou R$2,3 trilhões em dezembro, elevou-se 1% em relação a novembro, enquanto o saldo das operações compromissadas com títulos públicos federais cresceu 8,4%. O M4, conceito que acrescenta ao M3 os títulos públicos de detentores não financeiros, registrou elevação de 2,4% no mês e de 11,3% no ano, atingindo R$5,6 trilhões.
Fonte: http://www.bcb.gov.br/?ECOIMPOM

 Empréstimo Pessoal e Refinanciamento de Veículos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cooperativas de Crédito.

Crédito e Cooperativas de Crédito da Região Metropolitana do Estado de São Paulo

EASY CRED FACTORING COMERCIAL
Av Jabaquara, 2940 - cj-122 - Mirandópolis - São Paulo, SP | CEP: 04045-004

CREDITO MUTUO CORRESPONDENTE BANCARIO
R Santa Cruz, 718 - Vila Mariana - São Paulo, SP | CEP: 04122-000

METAL CRED
R Galvão Bueno, 782 - And-7 s-701 - Liberdade - São Paulo, SP | CEP: 01506-000

COOPERSAM
R Cincinato Braga, 59 - And-2 - Bela Vista - São Paulo, SP | CEP: 01333-909

COOPERTEL
Av Paulista, 352 - And-2 cj-21 - Bela Vista - São Paulo, SP | CEP: 01310-905

PROMOCRED
Pc da Liberdade, 130 - And-4 cj-401 - Liberdade - São Paulo, SP | CEP: 01503-010

CREDIFISCO
Av Rangel Pestana, 271 - cj-81 - Bras - São Paulo, SP | CEP: 01017-000

CREFISA CREDITO FINANCIAMENTO
R São Bento, 315 - lj-23 - Centro - São Paulo, SP | CEP: 01011-000

BANCREDI - COOPERATIVA DE CREDITO DOS BANCARIOS SAO PAULO MUNICIPIOS LIMITROFES
R São Bento, 413 - Centro - São Paulo, SP | CEP: 01011-100

COOPERATIVA DE CREDITO MWM
Av das Nações Unidas, 22002 - Vila Almeida - São Paulo, SP | CEP: 04795-915

PIATA CREDITO CONSIGNADO
R Bandeira Paulista, 600 - cj-31 - Itaim Bibi - São Paulo, SP | CEP: 04532-011

CREDICITRUS
Pc Ramos de Azevedo, 206 - And-19 - Centro - São Paulo, SP | CEP: 01037-910

FLEXI CRED
R Conselheiro Crispiniano, 69 - And-7 s-73 - Centro - São Paulo, SP | CEP: 01037-000

CREDIPAULISTA
R Barão de Itapetininga, 93 - And-10 cj-1006 - República - São Paulo, SP | CEP: 01042-000

NBC PROMOTORA CREDITO
R 7 de Abril, 282 - And-6 cj-64 - Parque Primavera - São Paulo, SP | CEP: 04467-285

CENTRAL CRED
R Barão de Itapetininga, 207 - And-3 - República - São Paulo, SP | CEP: 01042-000

CECRES COOPERATIVA ECONOMIA CREDITO MUTUO
Av Ipiranga, 324 - And-3 - Centro - São Paulo, SP | CEP: 01046-010

CECRESP - CENTRAL DE COOPERATIVAS DE CREDITO DO ESTADO SAO PAULO
Pc Alfredo Issa, 48 - cj-184 - Centro - São Paulo, SP | CEP: 01033-902

COOPERMINF - COOPERATIVA CREDITO FUNCIONARIOS MINISTERIO FAZENDA
R Brigadeiro Tobias, 577 - And-4 s-409 - Centro - São Paulo, SP | CEP: 01032-903

DOACYR JOSE CICONE
R Tsutomu Henni, 231 - Vila Jacuí - São Paulo, SP | CEP: 08060-350

COOPMIL DE GUARULHOS
R Dom Pedro II, 300 - And-2 - Centro - Guarulhos, SP | CEP: 07011-003

SICOB - SISTEMAS DE COOPERATIVAS DE CREDITO DO BRASIL
R Felício Marcondes, 240 - Centro - Guarulhos, SP | CEP: 07010-030

COOPERATIVA CREDITO MUTUO EMPRESARIOS MUNICIPIO GUARULHOS
R Luiz Faccini, 445 - s-02 - Centro - Guarulhos, SP | CEP: 07110-000

PANAMERICANO ADMINISTRADORA CARTOES CREDITO
R Domingos Calheiros, 306 - Tucuruvi - São Paulo, SP | CEP: 02303-100

CARREFOUR ADMINISTRADORA DE CARTOES DE CREDITO COMERCIO E PA
Av Transguarulhense, 500 - Jardim Tabatinga - Guarulhos, SP | CEP: 07082-150

UNICRED
Av 9 de Abril, 2068 - tér lj-07 - Centro - Cubatão, SP | CEP: 11510-000

COOPERATIVA CRED MUTUO SERV PUBL OSASCO E R O OZASCRED
R Demetri Sansoud de Lavoud, 40 - Vila Campesina - Osasco, SP | CEP: 06023-030

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CREDITO MUTUOS DOS COMERCIANTES DO RAMO TEXTEIS
R Martin Afonso, 31 - Centro - Santos, SP | CEP: 11010-061

UNICRED
R João Ramalho, 848 - Centro - São Vicente, SP | CEP: 11310-050

BV FINANCEIRA
R Jacob Emerick, 525 - Centro - São Vicente, SP | CEP: 11310-070

UNICRED
R Doutor Carvalho de Mendonça, 189 - Encruzilhada - Santos, SP | CEP: 11070-100

BV SERVICOS
Av Ana Costa, 222 - And-7 cj-71 - Vila Matias - Santos, SP | CEP: 11060-000

COOPMIL
R Doutor Deodato Wertheimer, 1301 - Centro - Mogi das Cruzes, SP | CEP: 08710-430

CREFISA ADMINISTRADORA ACESSORIA CREDITO
Pc Correa de Melo, 6 - Centro - Santos, SP | CEP: 11013-220

COOPERATIVA ECONOMIA E CREDITO MUTUO FUNCIONARIOS DA ELGIN
Av Vereador Dante Jordão Stoppa, 47 - Cezar Souza - Mogi das Cruzes, SP | CEP: 08820-390

UNICRED
R Montenegro, 295 - And-3 - Vila Maia - Guarujá, SP | CEP: 11410-040

Banco do Povo Crédito Solidário
Av. Industrial, 79 - Jardim Santo André - SP (11) 4979-5219

Crédito A Jato
R. Siqueira Campos, 547 - Centro Santo André - SP (11) 4432-2829

Nova Geração Crédito
Rua Oratório, 1596 - Sala 04 - Parque das Nacões Santo André - SP (11) 3715-7062

BV Financeira
R. Sen. Fláquer, 165 - Centro Santo André - SP (11) 2202-3900

Home Crédito
R. Corrêa Dias, 10 - Centro Santo André - SP (11) 4436-6115

Crefisa
R. Sen. Fláquer, 374 - Centro Santo André - SP (11) 4427-5428

Banco do Povo Crédito Solidário
R. Gerôncio Gregório Silva, 24 - Jardim Sonia Maria Mauá - SP (11) 4549-2088

O Crédito consignado é um empréstimo com pagamento indireto, cujas parcelas são deduzidas diretamente da folha de pagamento da pessoa física. Ele pode ser obtido em bancos ou financeiras, cuja duração não deve ser superior a 72 meses. Os juros e demais encargos variam conforme valor contratado ...

Informações do Banco Central do Brasil.